No Dia Mundial da Música os "Beira Serra" animam a "Tenda de Campanha", em Almodôvar. Na Associação "Os Malteses", entre temas do cancioneiro alentejano e acordes de viola campaniça, os jornalistas Fernando Alves e Pedro Pinheiro, com o apoio técnico de Joaquim Pedro, juntaram à conversa o presidente da associação, músicos, uma pintora, uma restauradora, um antigo sapateiro, uma inglesa que vive em Almodôvar há um quarto de século e um arqueólogo. 1ª Hora: 2ª Hora: Carlos Rosa Presidente da Associação “Os Malteses”. Artesão e músico António Gonçalves, Manuel Jacinto Godinho e Henrique Baioa Músicos do grupo “Beira Serra” Joana Freer É inglesa. Está há 25 anos em Almodovar. Dinamiza a associação “Traclarec”, actividades para crianças. Helena Lousinha Pintora. Samuel Melro Arqueólogo. Um dos responsáveis pelo projecto Estela, sobre a Escrita do Sudoeste Mestre José Ameixinha Um dos últimos sapateiros de Almodôvar, uma velha tradição do concelho. Baltasar “Alhinho” Poeta popular. Joana Brandão Restaurad
 
Em Castro Verde, o jornalista Fernando Alves entrou de mula na Taberna do João das Cabeças, com o Ti Odemiro, o último habitante que se desloca de mula. Lá dentro, na Taberna, com Pedro Pinheiro, com o apoio técnico de Joaquim Pedro, entre caganitos e músicos a conversa juntou os anfitriões, um conhecedor profundo da história de Castro Verde e do campo branco, a responsável pelo centro de educação ambiental de Vale Gonçalinho e o responsável pelo museu da ruralidade/núcleo da oralidade.   João e Paulo Pai e filho, as "almas" da taberna. Ti Odemiro O último habitante de Castro Verde a deslocar-se de mula. Foi o último vendedor de água de Castro Verde Fernando Caeiros Antigo autarca. Conhecedor profundo da história de Castro Verde e do campo branco. Rita Alcazar Responsável pelo centro de educação ambiental de Vale Gonçalinho. Um projecto da liga para a protecção da natureza em pleno “campo branco”. Tem vários projectos em curso, nomeadamente protecção da abetarda. Miguel Rego Responsável pelo museu da ruralidade/núcleo da oralidade. Está a recolher, em áudio, as histórias de vida dos mais velhos habitantes do concelho.   &n
 
"Os Mineiros de Aljustrel", o mais antigo grupo de cante do país, abriu as portas da “Tenda de Campanha” na noite de quarta-feira. No final, brindaram a TSF com esta actuação improvisada. http://d2al3n45gr0h51.cloudfront.net/2015/10/mineirosaljustrel_mp4_20151001132726/mp4/mineirosaljustrel_mp4_20151001132726
 
Paramos em Ervidel onde alguns produtores mantêm viva a tradição do vinho de talha. Já não é muito comum em todo o Alentejo e será, eventualmente, desconhecido de quem não é desta região. Na Adega Moreira, o produtor, Manuel Moreira, explicou que vinho é este, o que o torna único.
 
O mais antigo grupo de cante do país, os Mineiros de Aljustrel, foi quem abriu as portas da "Tenda de Campanha" esta noite de quarta-feira. O restaurante Mirante, em Aljustrel, foi palco para a conversa dos jornalistas Fernando Alves e Pedro Pinheiro, com o apoio técnico de Joaquim Pedro, com um antigo mineiro, o tenor e o porta-voz dos Mineiros, um poeta popular e a dona do restaurante. 1ª Hora: 2ª Hora: Lina do Mirante Proprietária do restaurante que recebe a emissão. António Campos Porta-voz do grupo coral da indústria mineira “Os Mineiros de Aljustrel”. Ernesto Mestre É o tenor dos Mineiros de Aljustrel. Joaquim Chaveiro Velho mineiro. Bagacinha Poeta popu