Tenda de Campanha em Santiago do Escoural (km 532)

Montamos a “Tenda de Campanha” a dois quilómetros da Gruta do Escoural, no Centro Interpretativo, que fica em Santiago do Escoural. Naquela gruta há vestígios de presença humana com 50 mil anos, natural, portanto, que a conversa vá por aí, mas não só. À mesa, os jornalistas Fernando Alves e Pedro Pinheiro, com o apoio técnico de Joaquim Pedro, sentam um arqueólogo que é o responsável técnico pela gruta, a guia da gruta, a presidente da associação “Unidos pelo Escoural”, um homem que viveu longe, mas voltou logo que se deu o 25 de Abril e os proprietários de dois restaurantes mais conhecidos da vila.

Na emissão da noite desta terça-feira entram ainda a maestra e todas as mulheres do Grupo Coral Feminino “As Escouralenses”.

1ª Hora:

2ª Hora:

António Carlos Silva

Arqueólogo. É o responsável técnico pela gruta do Escoural.

Sónia Contador

Mestre em línguas, mas nunca conseguiu trabalho nessa área. É a actual guia da gruta do Escoural.

Maria Emília Risso

Presidente da associação de amigos “Unidos pelo Escoural”.

Adelaide Simões

Maestra do grupo coral feminino “As Escouralenses”.

Manuel Azinheirinha e Daurindo Rabino

São proprietários dos dois restaurantes mais conhecidos da vila, que estão frente a frente, separados pela EN2.

António Vagarinho 

Reformado. Esteve emigrado na Alemanha, mas voltou a Santiago logo após o 25 de Abril.